Criando uma imagem Raw simples

Update: Mar 15th, 2010

Para isso podemos utilizar uma distribuição qualquer para servir como hospedeiro do SO protótipo. O que possibilita não ter necessidade de constantes reinicializações para testar as aplicações. Como sistema hospedeiro iremos utilizar o Ubunto 8.04, a versão 9.10 por se tratar de uma release com o GRUB 2.0 pode trazer algumas modificações nos executáveis do sistema, como por exemplo, o uso do aplicativo grub que não está disponível por padrão, sendo que o desenvolvedor deve instalar esse sistema pelo apt-get.

apt-get install grub

Depois crie uma imagem na raiz do sistema hospedeiro com o nome de myos. Apesar de Augusto manter a compatibilidade com as fontes que ele buscou o assunto, é bom criarmos uma nova para questão de organização.

Crie uma imagem com o tamanho de 8 MB utilizando o comando dd, menor que isso ocorrem problemas com o fdisk:

dd if=/dev/zero of=/myos/hdd.img bs=512 count=16065

Necessitamos criar um dispositivo de loopback conectado a imagem. Um dispositivo desse tipo é considerado de bloco que pode ser utilizado como um disco mas realmente está apontando para uma porção de algum arquivo. De forma geral o arquivo de imagem pode ser considerado um dispositivo:

losetup /dev/loop1 /myos/hdd.img

Crie uma partição primária do Linux usando o particionador fdisk:

fdisk /dev/loop1
aperte n
aperte p
escolha 1
aperte w
A partir desse ponto temos de colocar um sistema de arquivo na partição em que criamos. Não podemos usar o dispositivo loopback que utilizamos acima, pois este aponta para o início da imagem. Iremos precisar de um outro dispositivo loopback apontando para o início da partição. Então primeiro vamos encontrar o offset do disco em setores para o início da partição.
O offset em setores múltiplo de 512:
fdisk -ul /dev/loop1

Aponte um dispositivo loopback para essa localização. Após isso, formate a partição:

losetup -o 32256 /dev/loop2 /dev/loop1

mkfs /dev/loop2

Volta a página inicial

No comments yet.